27 de out de 2011

Atenção! Segundo jogo da final tem horário alterado!

A Federação Paulista de Futebol divulgou nesta quarta-feira em seu site a alteração do horário do segundo jogo da final entre São Bernardo e Jabaquara, válido pelo Paulista Sub20 - Segunda Divisão.

O jogo que inicialmente seria realizado às 16 horas deste sábado (29), agora será às 19 horas, do mesmo dia.

A alteração foi feita por solicitação da Rede Vida, que transmitirá o jogo ao vivo, direto do Baetão.

Esporte Clube São Bernardo X Jabaquara Atlético Clube
29 de outubro de 2011 às 19 horas
Estádio Baetão - SBC / Entrada franca
Final - Campeonato Paulista Sub20 - 2ª Divisão
Transmissão ao vivo pela Rede Vida e Rádio Destaque Esportivo

Assessoria de Imprensa EC São Bernardo

26 de out de 2011

Perto de título inédito, Bernô recebe Jabaquara no Baetão

A equipe sub20 do Bernô está próxima de conquistar um título inédito e fazer história no clube. Depois de anos com campanhas fracas e vexatórias, o São Bernardo vive um momento de gloria e soberania na categoria.

Após a volta do clube ao profissional em 2010, a equipe sub20 comandada pelo técnico Passarelli imperou na competição. Em 2010, chegou à 3º colocação. Este ano, chega a final, com grandes chances de ser campeão.
Se somar as campanhas dos dois anos, o São Bernardo é disparado a melhor equipe da competição.

Este ano, São Bernardo e Jabaquara já se enfrentaram três vezes, duas pelo grupo de fase e uma no primeiro jogo da final. Em todas, o empate foi o resultado da partida: 0x0, 1x1 e 1x1.

Em preparação à esta grande final, a equipe Sub20 realizou na manhã da última terça-feira (25/10) um jogo-treino contra os reservas do Corinthians. O jogo-treino terminou em 0 a 0. O atacante corinthiano Adriano também participou do jogo. Este é o terceiro jogo-treino entre as equipes este ano. Em todas elas, empate: 1x1, 2x2 e 0x0.
O técnico Passarelli terá todos seus atletas à sua disposição. A equipe titular será definida nesta sexta, no último treino da equipe antes da final.

A torcida promete uma grande festa na final. A animação pelo primeiro título na categoria anima os torcedores, que sempre acompanharam a equipe sub20, mesmo quando o clube estava licenciado.

O jogo terá transmissão ao vivo pela Rádio Destaque Esportivo (http://radiodestaqueesportivo.blogspot.com)

Esporte Clube São Bernardo X Jabaquara Atlético Clube
29 de outubro de 2011 às 16 horas
Estádio Baetão - SBC / Entrada franca
Final - Campeonato Paulista Sub20 - 2ª Divisão

Assessoria de Imprensa EC São Bernardo

São Bernardo pode ser a salvação do ABC em 2011

Dois mil e onze seria um ano para a se apagar da história no futebol da região do Grande ABC. Seria, não fosse o Esporte Clube São Bernardo, que tem grande chance de salvar o ano conquistando o título paulista na categoria sub20.

Com três representantes na Série A do Paulistão, a região começou o ano com uma grande expectativa, porém viu três campanhas pífias nos gramados. Duas delas merecedoras do rebaixamento à Série A-2: Santo André, que um ano antes havia realizado grande campanha conquistando o vice-campeonato, terminou em último colocado e foi rebaixado novamente; São Bernardo FC Ltda, estreante na competição e que prometia igualar o futebol da cidade a suas vizinhas no certame paulista, não passou da 17ª colocação e também foi rebaixado.
O último deles, o São Caetano, se manteve na elite paulista, mas estacionou apenas na 9ª colocação.

Em uma realidade totalmente diferente, Mauaense, Palestra e São Bernardo estiveram presentes na Série B do Paulistão: Mauaense e Palestra ficarem aquém de suas expectativas e ficaram na primeira fase. Já o São Bernardo, se classificou à segunda fase e por apenas 3 pontos não prossegue à terceira.

Assim como na Série B, o Paulistão Sub20 da Segunda Divisão também teve a presença de Palestra, Mauaense e São Bernardo.
Palestra e Mauaense, disseram adeus antes do esperado novamente. Foram eliminados justamente pelo São Bernardo (Palestra nas oitavas de finais e Mauaense nas semifinais).
Algoz de seus rivais da região, o São Bernardo chegou à final da competição e luta contra o Jabaquara, de Santos, por seu primeiro título na competição. No sábado passado, o Bernô foi à Santos pelo primeiro jogo da final e conseguiu segurar os donos da casa, 1 a 1.

No próximo sábado, no Baetão, o São Bernardo poderá sagrar-se campeão do torneio e salvar o ano da região com um título estadual e assim, mostrar a região que o glorioso e tradicional Esporte Clube São Bernardo de outrora voltou de vez, dessa vez para ficar.


Assessoria de Imprensa EC São Bernardo

Jabaquara e São Bernardo empatam no primeiro jogo da final

Pela primeira vez na final da competição, o São Bernardo obteve um bom resultado jogando fora de seus domínios. Empatou em 1 a 1 com o Jabaquara no Estádio Espanha e contará com o apoio de sua torcida para o jogo decisivo.

No começo o jogo, o Jabaquara buscou se impôr dentro de casa e partiu pra cima. Sua primeira oportunidade foi aos 10 minutos com um chute de fora da área de Índio.
Mesmo com a pressão do time praiano, o Bernô consegue abrir o placar. Vinícius sai da marcação, ganha da defesa e bate forte da entrada da área, sem chance para o goleiro.
Com a vantagem no placar, o Bernô recua e espera a chegada do Jabaquara para apostar nos contra-ataques, um dos maiores pontos fortes da equipe.
Aos 40 minutos, o Jabaquara empata a partida. Bola alçada na área e Avatar testa firme para o gol.
Por pouco o Bernô não fecha o primeiro tempo em vantagem. Ranses cobra falta com categoria e o goleiro faz incrível defesa no canto.

No segundo tempo, o jogo esfriou e as chances de gol diminuiram. As principais jogadas saiam através de cobranças de falta e escanteios, cabendo ao Jabaquara um volume pouco maior de posse de bola. Na metade do segundo tempo, o equilibrio entre as equipes evidenciou-se e seguiu até o fim.

No próximo sábado (29), o Bernô decide o título em casa. O jogo será realizado às 16h, no Estádio Baetão.

Assessoria de Imprensa EC São Bernardo

19 de out de 2011

São Bernardo passeia em campo e conquista vaga inédita na final

Bernô faz história e chega à final do estadual sub20 pela primeira vez

Precisando de apenas um empate para se classificar, o
São Bernardo entrou em campo disposto a apresentar um grande futebol à sua torcida e mostrar porque chegou à semifinal com uma das melhores campanhas da competição. Com total entrega dos jogadores, o alvinegro tomou as iniciativas da partida e preencheu o campo de defesa do Mauaense logo no início do jogo. Não demorou muito, e logo abre o placar. Aos 8 minutos, Ranses cobra falta com perfeição, no ângulo, sem chances para o goleiro da equipe visitante.
A superioridade que já era grande, se tornou maior com o gol. Assim, o São Bernardo obteve o controle do jogo e continuou a criar boas oportunidades. Aos 25 minutos, o São Bernardo chega ao segundo gol na partida, mas o árbitro anula alegando falta no goleiro mauaense.
Dois minutos após o gol anulado, o Bernô consegue ampliar de fato. Vinicius escapa da marcação, invade a área e chuta forte no canto esquerdo do goleiro. Dois a zero para o Bernô.
A primeira e única grande chance criada pelo Mauaense acontece aos 34 minutos. O meia Lucas arrisca de fora da área e acerta o travessão, no rebote a defesa alvinegra alivia e manda para escanteio.

No segundo tempo, o Mauaense veio à campo necessitanto sair para o jogo e se lançar ao ataque, já que precisava fazer 3 gols para se classificar. Porém os ataques pouco assustaram a defesa são-bernardense. Por outro lado, com o time avançado, os buracos na defesa do Mauaense aumentaram e o Bernô teve facilidades nas jogadas de contra-ataque, onde levou perigo por diversas vezes. Com jogadas rápidas e em profundidade o ataque alvinegro se sobressaia a defesa da Locomotiva, que se desdobrava para evitar o terceiro gol alvinegro. Até que o Bernô enfim chega ao terceiro gol, mas o árbitro mais uma vez anula, desta vez alegando impedimento do ataque são-bernardense, que estava em posição regular.
Nos acréscimos, a festa na arquibancada já estava armada. Muita comemoração e euforia pela vitória e pela classificação inédita à final do São Bernardo em competições organizadas pela Federação Paulista de Futebol. Nas outras ocasiões em que esteve presente em fases finais, os campeonatos eram disputados em quadrangulares finais, portanto sem a disputa de final entre dois times, como em 1986 e 1993.

Enquanto a torcida comemorava o feito inédito do clube, cerca de 40 pessoas, entre eles membros da comissão técnica, jogadores e o elenco da equipe sub17 do Mauaense, que estava presente no jogo, se exaltaram e resolveram sanar a dor da desclassificação com violência e partiram para cima da torcida do São Bernardo, que estava em minoria. Um ato de extrema covardia.
Membros da comissão técnica da Mauaense, encabeçados pelo técnico Paulo, pularam o alambrado e, além de tentarem espancar os torcedores, ameaçaram-os de morte, prometendo inclusive comparecer no próximo jogo do São Bernardo para continuar o confronto físico. No meio da confusão, membros do elenco sub17 do Mauaense usaram uma pá de lixo metalica como arma, além de arremessarem um bumbo, da própria torcida do São Bernardo, nos presentes. Famílias de jogadores, funcionários do estádio e inclusive pessoas da imprensa foram alvos dos atos de vandalismo.


Mesmo após o incidente no final do jogo, a torcida e o time do São Bernardo puderam comemorar muito a classificação do time à final da competição.

A final será disputada contra o tradicional Jabaquara Atlético Clube, de Santos.
O primeiro jogo será realizado neste sábado (22), às 16 horas, no Estádio Espanha. O segundo e decisivo, será em São Bernardo, no dia 29 de outubro.


Assessoria de Imprensa EC São Bernardo

10 de out de 2011

Primeira partida da semi termina empatada

São Bernardo jogar melhor, cria mais oportunidades, mas sai de Mauá apenas com o empate.

Sob um forte calor, as equipes entraram em campo determinadas em conquistar uma vantagem no primeiro jogo. O São Bernardo, que já possuia a vantagem de dois resultados iguais por ter feito uma campanha melhor, buscava conquistar um resultado positivo como em Assis, onde venceu por 2 a 0, resultado este que o permitiu apenas empatar em casa para passar de fase.
Já o Mauaense, surpresa nas semifinais, esperava fazer valer o fator casa, para surpreender a campanha invicta do São Bernardo jogando fora de seus domínios.

O jogo começou e o São Bernardo adotou um postura ofensivo logo no inicio, marcando em seu campo de ataque, fazendo com que a troca de passes da equipe de Mauá ocorresse em torno da intermediária e entrada de sua área.
Aos poucos, a Mauaense conseguir se lançar ao ataque, sem que a vantagem do São Bernardo em campo fosse diminuida.
Aos 21 minutos, o São Bernardo abre o marcador. Cruzamento da direta direto no 2º pau, Vinícius, sozinho, cabeceia firme e estufa a rede do goleiro mauaense.

Em desvantagem, o Mauaense procurar igualar o marcador a todo custo, mas a defesa alvinegra se sai bem e consegue segurar a pressão do time da casa. Mas aos 40 minutos, o atacante Bruno recebe livre na pequena área, ajeita e bate forte e cruzado para o fundo do gol são-bernardense. Tudo igual no primeiro tempo.

No segundo tempo, um começo semelhante ao primeiro. São Bernardo marcando em seu campo de ataque, pressionando e forçando o Mauaense ao erro.
Porém quem tem a primeira chance de marcar no segundo tempo é o Mauaense. Após bola espirrada na grande área, a bola sobra livre para o Bruno que bate de primeira, mas a bola passa por cima do gol.
Logo em seguida, contra-ataque veloz do Mauaense, Anderson arrisca de fora e Jefferson faz boa defesa e manda para o escanteio.
Após dois sustos seguidos, o São Bernardo reage e por muito pouco não toma a frente no placar novamente. Cobrança de falta, Ranses cruza na área, a defesa e o goleiro do Mauaense falham e a bola sobra na linha do gol, Marcelo Médici tenta a conclusão, mas a defesa consegue tirar antes.
Já na metade do segundo tempo, o São Bernardo tem duas grandes chances de conquistar a vitória. Aos 33, Gustavo recebe na área, em grande condição, mas bate por cima do gol.
Quatro minutos depois, o mesmo Gustavo recebe lançamento, invade a área e de frente para o gol, chuta à esquerda e desperdiça a última chance do jogo.

O empate deixou tudo aberto para o segundo jogo, em São Bernardo. Caso termine empatado o segundo jogo, a vaga à grande final fica com o São Bernardo.

São Bernardo e Mauaense se enfrentarão no próximo sábado (15), às 19 horas, no Estádio Baetão.

Assessoria de Imprensa EC São Bernardo

5 de out de 2011

Sub20 vai à Mauá de olho na final

O São Bernardo segue a passos firmes para a grande final do Campeonato Paulista Sub20 - Segunda Divisão. Mas para que esses passos não sejam interrompidos como em 2010, a equipe terá que passar do difícil duelo contra o Mauaense nas semifinais da competição.

O retrospecto é favorável aos batateiros. No ano passado, foram duas vitórias em dois jogos (3x1 em São Bernardo e 4x1 em Mauá).

Neste ano, as equipes vêm realizando grandes campanhas, que se aproximam nos números. No São Bernardo, foram 9 vitórias, 4 empates e 1 derrota em 14 jogos disputados, um aproveitamento de 73,8%. Pelos lados de Mauá, foram 8 vitórias, 2 empates e 2 derrotas em 12 disputados, um aproveitamento de 72,2%.

Para o jogo de sábado o Bernô contará com sua força máxima. Todos os atletas suspensos ou lesionados estão à disposição de Passarelli novamente.

O confronto está marcado para este sábado (8), às 15 horas, no Estádio Pedro Benedetti, em Mauá.

Assessoria de Imprensa EC São Bernardo

Empate no Baetão garante Bernô nas semifinais pelo segundo ano consecutivo

O São Bernardo está novamente nas semifinais do Campeonato Paulista Sub20 - Segunda Divisão. Jogando sob um bom público presente no Baetão, o Esporte empatou com o Assisense em 1 a 1 e garantiu seu lugar entre os 4 melhores da competição.

Depois de perder em Assis, o Assisense precisava vencer à todo custo. Mas a tarefa não seria fácil. A equipe visitante teria que vencer por uma diferença de 3 gols, caso contrário, a vaga ficaria com o Bernô.
Com este objetivo, a equipe iniciou o jogo bem ofensiva. As primeiras chances de gol do jogo foram criadas pela equipe de Assis. Porém a equipe não aguentou o forte ritmo imposto por ela mesma e sucumbiu diante do fraco preparo físico. Percebendo a fraqueza adversária, o São Bernardo se soltou para o jogo e começou a pressionar mais e logo passou a tomar conta do jogo.
Aos 25 minutos, a vantagem em campo se converte em gol. Após cruzamento na área, Carlão domina com tranquilidade e bate forte no canto do gol, sem chance para o goleiro. Um a zero para o alvinegro
Mesmo com o gol marcado, a equipe continou pressionando. O segundo gol amadurecia a cada jogada, porém a sorte e a boa atuação do goleiro impediram a ampliação do placar no primeiro tempo.

No segundo tempo, começa a chover forte em São Bernardo, o que deixa o jogo mais disputado e com jogadas duras no meio de campo.
Aos 20 minutos, Cassinho iguala o marcador para o Assisense. Após bola cruzada da esquerda, ele só tem o trabalho de completar livre para o gol.
Com a chuva aumentando gradativamente, as equipes criaram poucas, porém boas oportunidades no tempo restante, mas não conseguiram concluir em gol e o jogo terminou empatado.

O empate garantiu ao São Bernardo a vaga às semifinais, pelo segundo ano consecutivo, algo inédito para a categoria do clube.
No próximo confronto, o Bernô enfrentará o também abecedista Mauaense, que venceu o Palmeirinha por 1 a 0, em Mauá, e garantiu sua vaga. O confronto está marcado para sábado (8), às 15 horas, no Estádio Pedro Benedetti, em Mauá.

Na outra semifinal, Jabaquara e ECUS disputavam a vaga à final da competição. O primeiro jogo será em Santos.

Assessoria de Imprensa EC São Bernardo